Ofereça emoção

Que emoções trasmite a mamã ao bebé durante a gravidez

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

 

Que emoções trasmite a mamã ao bebé durante a gravidez

 

Durante a gravidez tudo o que sente, o seu bebé também sentirá. Se está triste, feliz, preocupada ou tem medo, o seu bebé também estará porque durante a gravidez a mãe transmite ao bebé as suas emoções.

Nesta altura já deve saber que a forma em que o bebé se desenvolve no ventre marcará a sua vida pelo que o ambiente que rodeia a mulher durante os novo meses de gestação é a chave para o desenvolvimento emocional e social do seu pequeno.

Como transmitimos os sentimentos ao bebé

Existem diferentes formas das mães transmitirem ao seu bebé os seus sentimentos e emoções durante a gravidez:

O canal neuro-hormonal, através do fluxo de hormonas e neuro transmissores que durante a gestação chegam ao bebé através da placenta, que actua como um filtro protegendo o bebé. Em algumas situações o líquido amniótico pode inclusive mudar de sabor. Quando a intensidade é muito alta pode filtrar-se gerando desconforto, aumentando o ritmo cardíaco e o sistema de alerta.

O canal sensorial: el bebé também pode guiar-se pelas tonalidades de voz diferentes da mãe, pelas suas carícias, pelo ritmo cardíaco e pela respiração. Quando acarícia o seu bebé, fala com ele, canta para ele ou põe música para ele ouvir, o seu bebé vive-o através do tacto e do ouvido.

Como vê a mãe transmite ao seu bebé muitas informações através das hormonas e substâncias químicas responsáveis pelas emoções. Por exemplo, se a mãe estiver stressada os níveis de cortisol aumentam e o feto sente o aumento do stress pelo que os seus movimentos tornam-se nervosos. Quando a mulher se sente feliz aumentam os níveis de endorfinas e o bebé relaxa-se.

Os receptores destas substâncias amadurecem no cérebro do embrião pelo que o estado anímico da mãe vai determinar o estado anímico do bebé sendo esta a chave para o seu desenvolvimento emocional saudável. As emoções que o bebé capte ficarão na sua memória influenciando a sua personalidade e comportamento.

O que sente o bebé durante a gestação?

Acabámos de dizer que se está triste, feliz, preocupada ou tem medo, o seu bebé também estará, mas a realidade não é tão simples como o que acabamos de explicar. É que os  fetos não sentem dentro do útero materno porque este não tem a maduração neurológica para ter as emoções que tem um adulto (os tubos neurais necessários para que as emoções se desenvolvam a partir dos 3 meses depois do nascimento). No entanto se tiverem sensações e estímulos como bem estar, prazer, saciedade, alarme ou sobressalto, o bebé responde a esses estímulos sorrindo, chorando, chuchando no dedo, mexendo o corpo, dando pontapés e demonstrando emoções, excitação ou calma.

Conhece algumas emoções que transmita ao seu bebé e os seus efeitos

A seguir vamos mostrar algumas das emoções mais comuns que as mães sentem durante a gravidez e quais são os seus efeitos no bebé:

Felicidade, tranquilidade e emoção: os sentimentos positivos produzem endorfinas que se encarregam de rodear o bebé de bem estar e que lhe fazem sentir sensações favoráveis como um ritmo cardíaco estável e uma boa oxigenação.

Stress: aumenta os níveis de cortisol e o feto sente o aumento do stress pelo que os seus movimentos tornam-se nervosos. Inclusive se a mãe está muito stressada o bebé recebe a  mensagem de que deverá fazer frente a um ambiente perigoso. Isto pode provocar que as crianças sejam mais susceptíveis a chorar, a stressar-se e a sentir ansiedade.

Raiva: pode acelerar o ritmo cardíaco e a pressão arterial da mãe. Como consequência os vasos sanguíneos contraem-se e reduz-se a oxigenação para o bebé e o fornecimento do sangue o que faz com que tenha menos nutrientes para forma-se.

5 conselhos para favorecer o desenvolvimento emocional saudável do bebé

  1. Procure um ambiente positivo e tranquilo durante a gravidez.
  2. Rodei-se de pessoas que gostem de si, que a ajudem e apoiem pois as pessoas que rodeiam a mãe durante a gravidez têm um papel fundamental.
  3. Não tente reprimir os sentimentos negativos pois isto pode levar a situações de stress e ansiedade constante. O mais importante é evitar os períodos e não os episódios esporádicos. Quer dizer, o problema aparece quando os sentimentos negativos tornam-se crónicos.
  4. Trate do seu estado emocional. Aprender a gerir todo o tipo de emoções não só será bom para o desenvolvimento do bebé mas também fará que a sua gravidez seja mais agradável.
  5. Goste do seu bebé e demonstre-o com carícias e palavras de afecto. O feto irá entendê-la e sentirá o seu amor.

Educação emocional a partir do útero

Agora que já sabe conhece todas as emoções que sente influenciam diretamente o bebé deverá ser consciente da importância de tratar de si, de procurar um equilíbrio emocional durante a gravidez e de rodear-se de pessoas que lhe proporcionam tranquilidade e amor. Lembre-se que a educação emocional do seu bebé começa no útero.

1 comentário a “Que emoções trasmite a mamã ao bebé durante a gravidez